MBA em Produção Audiovisual para Web

MBA em Produção Audiovisual para Web: do roteiro ao marketing digital

100% ministrado pela internet

O audiovisual ficou digital, migrou para outras telas, ganhou novos formatos e novas maneiras de ser consumido e produzido. Isso tudo em pouquíssimo tempo. Seis em cada dez pessoas preferem assistir vídeo online do que na TV. O YouTube é o site mais acessado do mundo depois do Google. O consumo de vídeo em smartphones dobra a cada ano e 81% das empresas usam o vídeo como ferramenta de marketing.

Em um cenário onde as novas estrelas surgem no YouTube, os produtores entregam conteúdos diretamente para você, as campanhas políticas são decididas em apps de mensagem, o mobile é onipresente, o esporte quer ser visto ao vivo de qualquer lugar e um adolescente com um celular move milhões de corações e mentes, é fundamental dominar as ferramentas que estão revolucionando a indústria audiovisual. É hora de viver o novo, rever conceitos e quebrar preconceitos, entendendo que o conteúdo é rei e impulsionado por insights e informações em tempo real.

Disciplinas e Competências

Neste bloco, você aprenderá a criar roteiros a partir dos diferentes formatos da produção audiovisual para Internet, planejando objetivos e o engajamento da sua audiência. Para isso vamos entender estilos, duração, estratégias, programação de canais, nichos de audiência e os tipos de conteúdos para marcas.

 

Disciplina 1: Roteiro e Desenvolvimento de Projetos

  • Desenvolver um Storytelling Transmídia
  • Elaborar roteiros e estratégias narrativas para Internet
  • Definir Persona, Nicho, Tom de Voz e Mensagem do seu canal ou produto
  • Entender os principais aspectos legais sobre direitos autorais

Disciplina 2: Criação de Formatos

  • Criar e Planejar um Canal de Vídeos
  • Desenvolver conteúdos para diferentes plataformas
  • Desenvolver formatos inovadores
  • Elaborar estratégias e formatos de Branded Content

Além de boas ideias e muito talento, a produção audiovisual na Internet está diretamente ligada às possibilidades de geração de receitas a partir do seu conteúdo. Neste bloco, você aprenderá a pensar os seus projetos considerando diferentes possibilidades de remuneração dos conteúdos nas plataformas e de uma marca bem desenvolvida, com conteúdo engajante, distribuído do jeito certo e no lugar certo.

 

Disciplina 1: Modelos de Negócio e Monetização

  • Gerir projetos audiovisuais na Internet
  • Monetizar vídeos em plataformas online
  • Elaborar estratégias de Merchandising, Publis e Product Placement
  • Formatar ações complementares de geração de receitas

Disciplina 2: Desenvolvimento de Marcas de Sucesso

  • Planejar a Identidade Visual de um Canal de Vídeos na Web
  • Amplificar seguidores e o engajamento de um perfil ou canal
  • Planejar a carreira de influencers e talentos web
  • Desenvolver uma fanbase e Comunidade

A Internet possui uma linguagem própria, onde conteúdos mais diretos e dinâmicos são o ponto de partida para influencers, canais e marcas. Nesse bloco o aluno aprenderá a produzir, captar e editar conteúdos engajantes, eficientes e pertinentes para plataformas de vídeos como Youtube, Instagram e Tik Tok, entre outros.

 

Disciplina 1: Produção e Captação de Vídeo

  • Planejar o fluxo de criação e produção audiovisual para web
  • Escolher Equipamentos, Aplicativos e Equipes
  • Iluminar uma Locação Simples
  • Captar Imagens

Disciplina 2: Edição e Pós Produção de Conteúdos para Web

  • Utilizar as principais plataformas de vídeo como creator
  • Editar Vídeos para Internet
  • Fazer uma Live
  • Finalizar e Exportar um vídeo para as principais plataformas de vídeo online

Um bom conteúdo é essencial, mas se não chegar até as pessoas, de nada serve. Neste bloco, você aprenderá a usar as ferramentas corretas para que os seus vídeos alcancem o público e a repercussão que você planejou. Usando técnicas e estratégias eficientes, podemos ampliar o alcance do seus vídeos a partir da avaliação e insights vindo das métricas e analytics.

 

Disciplina 1: Distribuição e Alcance de Audiência

  • Escolher estrategicamente as plataformas e mídias sociais para veiculação
  • Criar estratégias de SEO para vídeos
  • Usar técnicas Copywriting na divulgação de conteúdo
  • Compreender as estratégias e tendências de vídeos nas mídias sociais

Disciplina 2: Métricas, Insights e Resultados

  • Avaliar Métricas e Desempenho da publicação de vídeos
  • Desenvolver Insights a partir de analytics
  • Usar Impulsionamento de Ads e Mídia Programática;
  • Dominar técnicas de Inbound Marketing

Perguntas frequentes

Você terá uma verdadeira experiência de sala de aula, participando por áudio e vídeo, tirando dúvidas com os professores e construindo seu networking.

São 64 aulas interativas ao vivo e sete dias por semana de aprendizado na comunidade online. Você tem o apoio de professores dedicados, que são experts no assunto, e aprende junto com uma turma de profissionais de todo o Brasil.

Youtubers, instagrammers, influencers, graduados em cinema, audiovisual e áreas afins, graduados em marketing, marketing digital e publicidade, profissionais da indústria criativa, empreendedores e empresários

O curso não tem pré-requisitos. Profissionais graduados de diversas áreas podem se beneficiar desta pós-graduação. 

O curso requer apenas que o candidato disponha de um computador onde possa rodar um software de edição de vídeo, como o Adobe Premiere, o Davinci Resolve ou mesmo algum mais simples. Ter uma câmera de vídeo também é necessário, mas pode ser uma câmera de celular. Para iluminação, podem ser usados ring lights simples, ou mesmo luzes práticas (do próprio ambiente).

Coordenador

Bruno Tinoco

Diretor e Produtor de Cinema e TV formado pela London Film Academy, jornalista e publicitário formado pela PUC-Rio, com diploma sequencial em empreendedorismo, vem trabalhando em uma diversa e extensa e relevante produção audiovisual on e offline. Dirigiu e produziu videoclipes, shows e documentários para alguns dos nomes mais importantes da música brasileira e internacional como Taylor Swift, Ivete Sangalo, Alejandro Sanz, Chico Buarque, Paula Fernandes, Nando Reis, Revelação, Mumuzinho e Ana Carolina, entre outros. Também roteirizou e dirigiu centenas de filmes, comerciais e branded contents para marcas, como Shell, O Globo, Fox Sports, Amil, OFF, Accenture, Vale, Bradesco Seguros, Sebrae, Icatu, RIOGaleão, Sebrae, entre outros, além de conteúdos on e off para os Canais Futura, OFF, ESPN e Curta.

TEMAS Abordados

único

Sala de aula

Experiência de sala de aula, com alunos participando por audio e vídeo, durante todo o curso.

Visão Geral

A pós te dá uma visão completa, de ponta a ponta, de todo o processo de produção audiovisual para Internet, uma das maiores fontes de empregos e oportunidades no audiovisual.

Métodos

Domine as práticas e métodos de produção audiovisual, como a operação de câmeras e iluminação, edição de material, e análise de dados das redes sociais e canais de vídeo (analytics).

Networking

Colegas atuantes no mercado e que proporcionam um networking amplificado pela comunidade online de alunos, egressos e professores.

CORPO DOCENTE

Os professores efetivamente são atuantes nas áreas em que ensinam. Você aprende com quem faz, com quem é da área.

foco na prática

No projeto de cada disciplina, você coloca em prática o aprendizado e desenvolve o seu portfólio em audiovisual.

Uma escola inteira para você

A ECDD, Escola de Comunicação e Design Digital do Instituto Infnet, é uma escola exclusiva para a indústria criativa. Seus cursos oferecem formação interdisciplinar voltada para a prática no mercado, pela integração do Design com tecnologias e negócios, e incentivam a mentalidade empreendedora em seus alunos.

Carreiras

Diretor de criação de formatos e estratégias narrativas para canais de vídeo.

Roteirista de storytelling transmídia e branded content.

Gestor de projetos audiovisuais para Internet.

Criador e Produtor de conteúdo audiovisual para marcas.

Editor e finalizador de conteúdos audiovisuais para Internet.

Analista de marketing digital e mídias sociais para canais de vídeo na Internet.

Um time de professores experts

Prof. Bruno Tinoco
Bruno Tinoco

Diretor e Produtor de Cinema e TV formado pela London Film Academy, jornalista e publicitário. Dirigiu e produziu videoclipes, shows e documentários para Taylor Swift, Ivete Sangalo, Chico Buarque, Nando Reis, Revelação, Ana Carolina, entre outros. Também roteirizou e dirigiu centenas de filmes, comerciais e branded contents para marcas como Shell, O Globo, Fox Sports, Amil, OFF, Accenture, Vale, Bradesco Seguros, Icatu, entre outros, além de conteúdos on e off para os Canais Futura, OFF, ESPN e Curta.
Ensina técnicas de produção e edição de vídeos para que os conteúdos alcancem o melhor padrão possível com as melhores e mais práticas ferramentas.

Profa. Thalita Bastos
Thalita Bastos

Doutora em Comunicação pela UFF, com doutorado sanduíche na University of Reading (UK). Mestre em Comunicação pela UERJ, e graduada em Comunicação Social. Docente na ECDD na graduação de Cinema e Audiovisual e Introdução à Indústria Criativa. Membro do Conselho Deliberativo da SOCINE (Sociedade de Estudos do Cinema e Audiovisual). Pesquisadora independente das relações entre intermedialidade e afeto no cinema contemporâneo e membro do Núcleo de Estudos do Excesso nas Narrativas Audiovisuais (UFF). 

Ensina o desenvolvimento de roteiros e formatos originais em uma abordagem transmídia, possibilitando a criação de um conteúdo pertinente, estratégico e preparado para diversas plataformas.

Prof. Raphael Nascimento
Rafael Nascimento

Rafael é Manager do Canal Infantil Gato Galáctico, um dos maiores do país, que conta com 13,5 milhões de inscritos e mais de três bilhões de visualizações. Anteriormente, Rafael liderava o time de projetos especiais da Webedia e esteve à frente de grandes canais do YouTube Brasil, como Parafernalha e Ubisoft Brasil. Designer por formação,  acumula 13 anos de experiência no mercado de Comunicação e participação em projetos para empresas como: Petrobras, Ubisoft Brasil, Sony Pictures, Telecine, P&G, Tinder, entre outras.
Ensina técnicas e processos inovadores que tornam os cursos e aulas mais dinâmicas, criativas e visuais, fazendo com que a aprendizagem seja mais fluida e interessante para qualquer aluno.

Prof. Lucas Souza
Lucas Souza

Sócio Fundador da Agência BeL Partner, Lucas Souza trabalha no mercado digital há mais de 10 anos e já atendeu contas como CBF, Leader, Casa e Vídeo, Levis, IBM entre outras. Formado em Publicidade e Propaganda na ESPM, pós graduado em BI (Business Intelligence) e tendo cursado o “Google Partners Lead with Singularity University” no Vale do Silício em 2016, Lucas também é Professor há 6 anos além de Coordenador do MBA em Marketing Digital do Instituto Infnet.

Ensina a utilizar as eficientes ferramentas e estratégias do marketing digital para que a produção de vídeos amplie a audiências dos canais,  alcance o público certo, de maneira eficiente, criando uma fanbase e  gerando resultados melhores.

O time de professores, naturalmente, pode ser alterado ao longo do tempo.

Impulsione sua carreira

trabalhando num mercado em alta

A transformação digital mudou completamente a realidade à nossa volta, impactando quase todas as nossas experiências cotidianas: do trabalho aos relacionamentos amorosos. Com o audiovisual não poderia ser diferente. Se há dez anos a grande dúvida de produção era sobre filmar os conteúdos com película ou usar as já então potentes câmeras digitais, o sentimento agora é de um positivo desconhecimento dos limites sobre até onde a revolução do combo audiovisual + digital + Internet pode nos levar.

Com novos formatos físicos, diferentes durações e formas de interação, o audiovisual está a um clique de qualquer pessoa com um dispositivo conectado à Internet. Por conta disso, temos um outro desdobramento: aprodução aumentou exponencialmente para conseguir atender ao consumo deste público ávido por entretenimento, informação e experiências. Para termos uma noção, cerca de 300 horas de vídeo são disponibilizadas no YouTube a cada minuto, e quase cinco bilhões de vídeos são assistidos no site a cada dia. Se pensarmos no volume das mídias sociais, sites, apps de comunicação, streaming e outras plataformas, a dimensão é incrivelmente grande.

Isso significa espaço para novos canais, criadores de conteúdo, filmmakers e marcas. Promove a democratização do acesso ao público e à produção. Impensável até quinze anos atrás, hoje qualquer pessoa com um celular e um computador é um canal de conteúdo em potencial.

Produção Audiovisual para Internet: quatro pontos de partida

A produção audiovisual precisa levar em conta algumas questões fundamentais para ser feita com qualidade. Conhecer sobre os nichos e suas possibilidades, assim como as possíveis metodologias e estratégias de ação, é muito importante para ter sucesso neste mercado. 

Destacamos abaixo quatro relevantes tópicos para quem deseja se inserir no audiovisual.

  • Luz, câmera e ação. Aqui, o que importa é a ação. A Internet permite que variados tipos de conteúdo trabalhem com diferentes tipos de estética e aparelhagem, sem a necessidade de ser algo como as tradicionais produções para Cinema e TV. Muitas vezes essa luz é um ring light e essa câmera é um celular. Há canais e influencers com muitos seguidores, engajamento e audiência, que trabalham com uma estrutura extremamente simples.
  • Aproximação. Essa nova forma possibilita uma nova abordagem entre a produção e seu público, permitindo uma aproximação mais íntima e informal entre as duas partes. Em muitas mídias sociais e plataformas de vídeo, a audiência está tacitamente concordando em trocar a qualidade técnica da produção e, infelizmente, a precisão informacional, por um contato mais próximo com seus ídolos, influenciadores e marcas. A jornada é por identificação, proximidade e pertencimento

     

  • Lacuna menor entre produções. Cada vez mais, ferramentas e equipamentos acessíveis de alto nível ajudam a diminuir a lacuna de qualidade em relação às demais produções. Os aplicativos de edição e suas ferramentas, assim como as câmeras de dispositivos móveis de ótima performance, fazem com que o conteúdo possa ser trabalhado em diferentes modelos. É como se o formalismo de conteúdo e apresentação das mídias audiovisuais tradicionais não fosse mais uma condição sine qua non. Isso faz com que não haja, entre os produtores de diferentes tipos, grandes lacunas relativas à qualidade do produto.

  • Atuação por nichos. O processo de estreitamento e segmentação da audiência/clientela é hoje um dos principais pontos de sucesso para os variados tipos de trabalho. Não diferente, a produção audiovisual para Internet -sem limitações geográficas- trabalha muito com uma atuação assertiva e programada para atingir nichos específicos. Além de permitir que o público possa escolher um conteúdo voltado para seus desejos e hábitos, isso faz com que os produtores e criadores tenham a segurança de construir um material que seja entregue e se conecte com a audiência a ser alcançada. Justamente por isso, a segmentação é extremamente importante para as empresas e marcas.
  • Formação de Comunidade. Basicamente qualquer pessoa que tenha à disposição as ferramentas para ser dono de um canal ou plataforma, terá um nicho para atuar. Como a quantidade e o poder dos intermediários entre os creators e o público é muito menor na Internet, é possível gerar audiência e construir comunidades em qualquer parte do mundo. Um colecionador de carros antigos do Recife/PE pode ser um influencer falando em real time com pessoas de São José dos Campos/SP e Cuiabá/MT, ou um guri de Gramado/RS, que faz e transmite gameplay, pode ter em seu público uma garotada de Lisboa. A formação de comunidades permite uma troca de informações que é extremamente vantajosa para todos os lados envolvidos (marcas, público e criadores), uma vez que o determinado conteúdo é moldado e propagado com assertividade para este meio.

     

  • Poder do público. Essa nova configuração proposta pela Internet, especialmente das mídias sociais, permitiu que o  público alcançasse o poder de mídia. E com isso, o jogo muda completamente. Como sabemos, a proximidade com os ídolos e o sentimento de pertencer a uma comunidade são extremamente importantes. Os fãs querem interagir com seus ídolos e – por que não? – participar da criação. Neste novo ambiente não há mais lugar para informações unidirecionais que não falem ao desejo da audiência: o público passa a ser um grande aliado na criação de conteúdo. O caminho é pensar, criar e produzir a partir do debate criado pelas comunidades.
  • Acessibilidade. Atualmente vemos uma maior acessibilidade aos bons materiais e equipamentos digitais. Há cerca de 30 anos atrás eram pouquíssimas as empresas e profissionais que poderiam comprar uma câmera de vídeo. O que dizer então de uma ilha de edição e todo o equipamento de pós produção? Aos poucos, com a revolução da digitalização, os preços dos equipamentos foram diminuindo, os cursos técnicos e faculdades se espalharam, e chegamos a um momento em que ter um celular razoável te possibilita ser um criador de conteúdo influente.
  • Espaço para todos. Essa é talvez a maior revolução pelo qual a indústria de imagens em movimento já passou em sua história. Há espaço para todos. De canais pessoais filmados com celular, até produções gigantescas feitas para as majors dos serviços de streaming. No meio disso temos marcas de todos os tamanhos, personalidades e públicos, habilitadas a veicular seus produtos e serviços de filmes/vídeos nas mídias sociais. Elas escolhem como e com quem vão falar, assim como quanto vão gastar para se comunicar. 
  • Entrada no mercado mais fácil. Como dito no tópico anterior, nessa área há espaço para todos. Existe de fato uma democratização do acesso à produção. Os entrantes são bem-vindos, geram inovação, e a competição pela atenção do público é infinitamente mais justa do que foi durante os cem anos anteriores da indústria. Portanto, a entrada neste mercado tende a ser mais segura e natural. Para um grande espectro desses novos players de conteúdo isso é essencial: tomemos o exemplo de marcas locais ou pequenas empresas, ativistas políticos criando conteúdo, bandas que querem fazer seus videoclipes ou lives, professores que podem dar aulas sem precisar estar em uma instituição. Isso tudo podendo ser filmado em um set up extremamente enxuto.
  • Data Driven. O elegante título em inglês diz respeito à produção de conteúdo baseada em dados acumulados de audiência. Isso quer dizer que todas as plataformas de embarque de vídeos como Youtube, Tik Tok, Instagram e Facebook, oferecem ferramentas para analisar os dados de desempenho dos conteúdos audiovisuais, assim como dados do seu público. Mede-se a audiência, até onde o vídeo foi assistido, a taxa de engajamento, a força dos CTAs (Call to Action) e outras métricas. Isso tudo permite que os conteúdos sejam desenhados para atender as demandas e hábitos de seus públicos. Através das ferramentas de analytics, nós temos dados em tempo real,  possibilitando insights para a criação de conteúdo de uma forma barata, detalhada e precisa.
  • Contribui com o Marketing. Esses dados e instrumentos ajudam também na divulgação, no entendimento do público, e no marketing digital usado para distribuir conteúdo e alcançar novas audiências. Usando de suas ferramentas como o SEO  para conseguir alcance orgânico e pago, os produtores podem levar seus filmes para um maior público e, mais importante, para as pessoas certas. No fim, isso impacta diretamente nas contas. Afinal, a monetização desses canais depende de variáveis como temas dos vídeos, público, duração, entre outros parâmetros. Por mais que o mundo da produção de vídeos e filmes esteja envolto em magia, diversão e sonhos, o profissional precisa estar atento e preparado para atuar no mercado.

Flexível

Você assiste às aulas, estuda e faz os trabalhos no horário que puder.
Assistir ao vivo é o ideal, mas é você quem decide. Faça seu horário!

Portfolio

No projeto de cada disciplina, você coloca em prática o aprendizado e desenvolve o seu portfólio em audiovisual. Em todas as disciplinas você aprende colocando a mão na massa e é avaliado pelo resultado de seu trabalho, do mesmo jeito que no mercado de trabalho.

DEPOIMENTOS DE ALUNOS DA ECDD*

* Esta é uma nova pós-graduação da ECDD, por isso ainda não há depoimentos de alunos específicos deste curso.

Perguntas frequentes

O Infnet é a melhor faculdade de tecnologia do Rio de Janeiro. Foi fundado em 1994, para o ensino de excelência voltado às necessidades do mercado, e tornou-se referência nesse segmento. A proposta do Instituto é ensinar tecnologia aplicada ao contexto de negócios, isto é, como uma ferramenta para o desenvolvimento das organizações.

Nossa qualidade foi reconhecida pelo MEC, que conferiu conceito máximo (5) para a modalidade EAD da instituição e para todas as graduações reconhecidas.
Este nível de qualidade só é possível pela metodologia que combina aulas ao vivo diárias e o aprendizado através do desenvolvimento de projetos com desafios reais da profissão. Além disso, a metodologia de avaliação por competências aproxima os alunos do mercado de trabalho.

Sim, com aprofundamento em cada disciplina, como se espera de um curso de especialização. Para nós, pós-graduação não pode ser videoaula gravada para autoestudo. 

É uma pós-graduação de verdade, com aulas de verdade.

Você precisará assistir a todas as aulas, ao vivo ou gravadas, como for melhor para você. Também precisará fazer os projetos e estudar os conteúdos indicados. É esperada uma dedicação média de cerca de oito horas por semana ao longo dos onze meses de aulas.

São profissionais que trabalham na área em que lecionam, recrutados dentre os melhores profissionais em empresas como Petrobras, White Martins, Stone, Globo, Dataprev, Eletrobras Furnas, Ágora, BNDES, Amil e Accenture. O Instituto Infnet acredita que só quem trabalha no setor é capaz de ministrar aulas conectadas com o mercado. Além disso, em sua maioria, possuem mestrado ou doutorado e as certificações cobertas no programa.

Sim, precisa – ao vivo ou gravadas. O ideal é conseguir assistir ao vivo para aproveitar ao máximo, mas não é obrigatório.  Para ser aprovado em uma disciplina, é necessário ter assistido todas as oito aulas até o dia da entrega do projeto, que acontece uma semana depois da última aula ao vivo.

Porque é uma pós-graduação para o aluno aprender de verdade, e não uma sequência de palestras.

Cada disciplina tem 45 horas de aulas, estudos e desenvolvimento de projeto, permitindo que o aluno aprofunde-se no assunto, em nível profissional.

Ter dezenas de disciplinas curtas e professores variados pode parecer bom à primeira vista, mas é a fórmula para um curso sem profundidade.

Você terá que fazê-la novamente (a mesma ou uma disciplina similar, indicada pela instituição).

O aluno aprende muito mais fazendo projetos ao longo de todo o curso do que em um TCC no final. Além disso, é muito comum no Brasil o aluno deixar de entregar seu TCC e perder o certificado.

Projetos espalhados durante a pós-graduação ajudam o aluno a manter o ritmo e oferecem oportunidades de avaliação mais aprofundadas e justas que provas online.

Você terá as mesmas oportunidades de aprendizado, com aulas ao vivo, colegas de classe, trabalhos e indicação de conteúdos adicionais para estudar.

Só existe uma forma transparente e objetiva de indicar o que o aluno domina ao final de um curso: uma lista de competências.

“Competência” é algo que você sabe realizar ou resolver. Ao final da pós-graduação, você terá um conjunto de novas competências para aplicar em seu trabalho.
Sim, o certificado da pós-graduação na modalidade Live é o mesmo de uma pós-graduação presencial.

Para assistir às aulas, basta um celular com câmera e boa conexão internet wifi ou 4g. Melhor ainda se você usar um desktop ou notebook com câmera e um confortável fone de ouvidos, que é a configuração recomendada.

A pós-graduação utiliza uma solução integrada de Moodle, Zoom, Workplace, biblioteca Safari e G Suite. Apesar de todos eles terem versões para mobile, em vários momentos será bem mais confortável usar um computador.

Alguns títulos de pós têm exigências específicas de hardware para a utilização de máquinas virtuais e labs remotos.

Para fazer sua matrícula, converse conosco abaixo:

ainda não é nosso aluno?